sexta-feira, 24 de abril de 2009

Mutirão - Praça São Crispim - 25/04




Exibir mapa ampliado

20 comentários:

  1. quero ir!
    mesmo morando longe da lapa! curti os projetos de reciclagem.

    ResponderExcluir
  2. Eeebaaaa, é aqui pertinho da minha casa. Só a título de curiosidade: São Crispim é o santo protetor dos sapateiros ( essa informação foi-me dada há alguns atrás anos por uma vizinha, moradora antiga da Vila Ipojuca). Essa profissão, uma das mais antigas da humanidade, era muito discriminada, por estar sempre associada ao trabalho dos curtidores e carniceiros.
    Aliás, uma profissão cada vez mais rara, já que as coisas estão cada vez mais descartáveis...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Será que vão trocar aquela gaiola que eu brincava a mais de 30 anos atrás?

    ResponderExcluir
  4. Espero que quem puder, não deixe de ir! Vai ser muito gostoso! (se o tempo permitir... Santa Claraaaaa ajuda o São Crispim!!!)

    Hasta pronto!

    ResponderExcluir
  5. ô, Maurício, você nem cabe mais naquela gaiola! Agora que a gente passou dos 30, vão colocar aparelhos de ginástica... pra boa idade, é claro...rs.

    ResponderExcluir
  6. Como a sra. apresenta-se sempre informalmente, tomarei a liberdade do uso de tratamento informal consigo.
    Soninha,
    Escrevo para parabenizá-la pelos recentes avanços que você e os seus empreenderam na perspectiva de qualificá-la para a almejada função no secretariado pefelista do prefeito Kassab. Considero que até mesmo seus novos aliados, da UDR, devem estar comovidos com o fascistóide pronunciamento de seu colega Raul Jungmann, que utiliza o espaço partidário na televisão para alardear que - personificadamente - o presidente Lula irá prejudicar os poupadores COMO FEZ O COLLOR. A utilização deliberada de pulsões primitivas com o objetivo de obter apóio para determinado grupamento político é prática das mais repugnantes, tem sua origem como procedimento sistematizado no ministério nazista de divulgação, no III Reich, e hediondo que é, torna fedorentos aqueles que dele valem-se. Sua própria inserção publicitária, Soninha, também pouco deixa a desejar no quesito "desonestidade", não que da aplicação demonstrada esteja você prestes a obter um aceitável reconhecimento dos Senhores de seu novo grupo político, eles nunca foram corretos ao ajuizarem o esforço alheio, pouco sabem de esforço, e importam-se com os "outros" somente em dois sentidos: que estes continuem trabalhando para que deles se possa abocanhar por lucro parte larga do trabalho realizado; e que sejam mantidos de forma mínima para que se reproduzam e não incomodem, suados, deselegantes, desagradáveis que são. Você mesma, apesar da ascensão social dos últimos tempos, é por eles sabida como uma das da cozinha, aos quais, sem distinção de gênero, a única intimidade horizontal admitida é, como era, a da alcova - e sempre é menos grave postular o foda-se que o foda-nos. Mas voltando ao seu discurso televisionado, você afirma que seu candidato à presidência, o Apóstolo privatista da segregação por clivagem, o salubre Serra, "está governando, não fazendo campanha". Pois bem, instalada em seu espaçoso e , suponho, confortável domicílio de 600 mil Reais, você deve ter sido informada que o insuspeito Governador acaba de negar-se a cooperar com o programa de construção de casas populares do governo federal, que chato, né?! Após pensar isso, provavelmente, você não teve muito mais o que fazer do que virar a página do jornal e continuar a leitura, ou, quem sabe, interfonar para o porteiro do prédio perguntando sobre alguma qualquer pendência. E para que a Dilma não avance, os pobres podem continuar em seus barracos...é a vida. Só que não é não. É totalmente aceitável que os grupos sociais, seja lá por quais critérios você os defina atualmente, mas admite que existem pois não, é aceitável que eles manifestem sua FORÇA e a forma preferencial de fazê-lo é pela obstrução; assim temos as greves de trabalhadores, obstrução, os locautes e as ameaças de diminuição de investimentos dos patrões, obstrução, as ameaças de "fuga de capital" da Banca, obstrução, tudo em conformidade com agentes que por suas características sociais não têm poder, só têm força e a utilizam na perspectiva de consecução de seus interesses parciais, ótimo. Porém os investidos em funções públicas são dotados de PODER social, dispõem do monopólio da coerção e da possibilidade da persuasão como vias de sua atividade política, não é razoável que obstruam, menos ainda quando tal procedimento resulta na manutenção de indivíduos submetidos a situações de sofrimento, aqueles que não possuem condições aceitáveis de moradia não estão destituídos também de sentimentos, sofrem, sofrem com a falta de privacidade, com os sons e os ruídos dos circunvizinhos, com os odores que estão obrigados a inalar, com a vergonha de não terem um endereço, sofrem; e a violência, conceitualmente, Soninha, é a ação pela qual um indivíduo perpetra a outro(s) sofrimentos desnecessários. Seu candidato não está só fazendo campanha política, ele está azendo campanha política VIOLENTAMENTE e, lamento dizer, acumpliciado.
    Esperando que, ao menos, seu sono tarde
    Despeço-me
    Rui Donato

    ResponderExcluir
  7. Meu Deus!!! Este tal Ruim Do Mato é tão AZEDO que ele escreveu "azendo" ao invés de "fazendo". Você postar isso Soninha, só demonstra a sua honestidade e democracia (além de paciência, equilíbrio, etc, etc, etc...), até mesmo com os BÁRBAROS.
    PARABÉNS!!!
    P.S.: Cheguei até o seu blog por indicação de meu pai, que ao compartilhar um chimarrão com você no evento da praça, ficou encantado com o seu jeito participativo e verdadeiro de fazer política.

    ResponderExcluir
  8. Ruim e chato para caráleo. Azedo e falastrão. Xô capeta. Vá assombrar o blog do bispo.

    ResponderExcluir
  9. Opa todos os comentários são postados automáticamente, caros amigos JÁsERÁ e senhora Loirinha Má. E eu concordo com o Rui Donato, falo isso porque conheço (conhecia) a soninha pessoalmente e ela mudou sim e agora tem atitudes de direita. Putra, porque ela não responde nenhum post, ela não é tão democrática???

    ResponderExcluir
  10. ERRATA: onde sê lê Putra ler Outra.

    ResponderExcluir
  11. todo apoio ao Rui. Essa hipócrita e sem caráter carguista, que em tempos passados dizia ter saído do PT "porque achava um absurdo ver o partido fazer conchavos com malufistas na câmara dos vereadores (concordo também)", aceita trabalhar para ninguém menos que um filhote malufista, aquele que entrou na política pelas mãos do malufismo e que adora expulsar trabalhador de órgão público, aos gritos de vagabundo, quanto é contestado. Aliás, a hipócrita carguista deveria nos informar quem era mesmo o líder do PPS na câmara dos vereadores quando da sua filiação...não era ninguém menos que o vereador Estima, malufista de carteirinha???? Por que será que a hipócrita carguista não escreveu uma linha sequer sobre o escândalo de 200 milhões de reais da merenda da prefeitura paulistana, onde o MP está mostrando como o chefinho da carguista detonou a merenda escolar na prefeitura paulistana, terceirizando-a para uma verdadeira quadrilha???? Por que será que a hipócrita carguista não escreveu uma linha sequer aqui neste blog sobre a última enchente que devastou a cidade de S.P., onde ficou comprovado que seu chefinho Kassab, nos últimos tempos gastou mais em propaganda do que com obras anti-enchentes? Noooooooosssssssaaa....olha só o conceito ético da hipócrita carguista, da sub-prefeitinha que agora faz campanha para um homem que gastou mais em cartões corporativos que o governo federal no Brasil inteiro. Um homem cujo partido destrói há 16 anos a escola pública e que GASTA 313 MILHÕES DE REAIS EM PROPAGANDA, e paga os PIORES SALÁRIOS DO BRASIL PARA PROFESSORES E POLICIAIS, os quais trabalham em condições adversas....por que será que a carguista hipócrita não visita uma escola pública estadual, de lata, na periferia paulistana, para saber como é que a educação é tratada por aquele que ela alega que "governa". Quer uma dica, hipócrita carguista? vai no site do seu ex-colega do PT, o deputado estadual Carlos Giannazi, que não se vendeu por um carguinho de sub-prefeito, e está montando um dossiê sobre o estado da escola pública paulista....Ah, eu ia me esquecendo....por que será que a hipócrita carguista não escreveu uma linha sequer aqui sobre o presidente do seu partido, o abominável Roberto Freire, que mora em Recife e recebe mensalmente da prefeitura paulistana, um salário de R$12 MIL REAIS, para "participar" de conselhos municipais....Vai ser hilário ver a subprefeitinha hipócrita e carguista subir no palanque tucano ao lado de pessoas como a escravocrata e inimiga do meio ambiente senadora DEMO Kátia Abreu, com Bornhausen, senador Demóstenes, senador Agripino Maia e outros tantos. Mas tenho certeza que não vai ficar constrangida haja vista que são todos da mesma laia que você e do seu chefinho Kassab...

    ResponderExcluir
  12. Soninha, você é tudo de bom. Gosto muito de você e posso dizer que é uma das poucos figuras que tenho amor na política. Que você viva pra sempre.
    Espritado Estricnado
    tvtatica.tv

    ResponderExcluir
  13. Jásera, Fabrício e demais.
    De fato os comentários não são moderados, o que também não deixa de ser uma forma democrática de comunicação, é essa a intenção. Todos devem sempre ter o direito de se expressar, e as pessoas, não precisam necessáriamente concordar, não é mesmo?

    Quero aproveitar que o Fabricio comentou sobre a falta de respostas no blog para desculpar-me, pois, assim que começamos na Sub, percebi que ela não estava dando conta de atender, ler e responder tudo (como sempre fez questão de fazer) e me ofereci para responder os comentários do blog. No entanto, com o passar do tempo comecei a também não dar conta, pois além de organizar os mutirões, cuido de uma série de outras coisas.

    Com relação às questões políticas, não entro no mérito. Só gostaria que soubessem que eu fui uma das únicas a ser contra ela aceitar, ao mesmo tempo em que se aceitasse, não tinha dúvidas de que encararia junto. Hoje percebo o absurdo que seria não ter aceitado. Apesar de o salário não ser suficiente para cobrir as contas (mesmo), a satisfação de ver o resultado de pequenos trabalhos como uma mini-biblioteca ou um mutirão, ou mesmo a dos funcionários em serem ouvidos, faz toda a diferença. Eu não abro mão. E percebo hoje que muitas vezes precisamos sacrificar nosso orgulho em nome de um bem maior, em nome do que acreditamos de verdade, que não é o meio (partido), mas o fim (multiplicar e dividir coisas boas).

    Aliás, o mutirão foi uma delícia!! E ler os comentários do blog, na maioria das vezes, também é. Muito obrigada!

    ResponderExcluir
  14. Soninha, que vergonha a propaganda politica do seu partido, hein?

    Fazer terrorismo, tentando comparar um corte na rentabilidade da Poupança para os grandes investidores com o confisco da Poupança feita pelo Collor é de uma irresponsabilidade total.

    Qual o objetivo disso? Soltar uma mentira dessas para atrapalhar o desenvolvimento do país, buscar uma corrida aos bancos para ferrar o governo? Você é adepta do "vamos fud... o país para vencermos a próxima eleição"?

    Nota ZERO para o PPS nessa.

    PS: O governador que trabalha ao invés de fazer propanda é aquele que mandou a SABESP fazer um monte de propandas no Brasil todo para promover o trabalho que ele realiza no seu Estado?

    ResponderExcluir
  15. Salve o PPS, partido de coragem...abaixar mais ainda o rendimento da poupança é confiscar dinheiro do povo, logo no investimento mais acessivel e mais utilizado pelos humildes...Lula para de tirar centavos dos mais humildes, abaixa os salários dos deputados que resolve...Lula se rendeu a pressão dos seus amigos banqueiros para baixar a poupança que estava ameaçando os fundos de investimento incopetentes...PPS põe a propaganda no You Tube por favor que vai bombar...

    ResponderExcluir
  16. O Ana com todo respeito:
    1º "Mesmo que o salário não seja suficiente", isso é ridículo, pois compara o serviço público com dinheiro...
    2º Porque a soninha não sacrificou o orgulho, os meios (partido) pra atingir os fins (multiplicar e dividir coisas boas) quando ela era do PT, pois sua maior reinvidicação era o partido fazer as alianças estratégicas...
    3º Ideologia não é orgulho!

    ResponderExcluir
  17. A perspicácia da "jásera" a levou a observar a ausência de um "f" não digitado, e nisso parece ter chegado ao limite de sua acuidade; e ser tido por "bárbaro" ou "tupiniquim",ou seja lá que denominação raza de alteridade queira atribuir alguém que com amenidades importa-se não é de todo mau.
    A assessora Ana (estrella,vejam só...) afirma responder as mensagens PELA Soninha (aquela que, acessível e democrática, faz QUESTÃO de responder a todos...) porém não comenta questões políticas, não entra no mérito. Afinal, tão relevantes são as nano-bibliotecas, as nano-atenções aos funcionários, pra quê falar de política? Eca!! O importante é o administrativo, o gerencial; aliás, pelo que se dá-se a perceber, o grande vacilo da Soninha foi ter estudado cinema, perdido tanto tempo na ECA, ela bem podia ter ido direto pra FEA, habilitar-se a administrar com eficiência, sonhar com o Geraldo Alckmin, com o Caiado...a nova patota.

    ResponderExcluir
  18. Olá tudo bom?
    Desde q tive acesso a primeira vez ao seu blog, o acesso sempre para saber as novidades do que acontece aqui na minha região.

    Acho super interessante o fato de vc deixar transparente muitas das coisas da nossa regiao, por isso resolvi dedicar ao seu blog um selo premio, para ve-lo só passar no meu blog.

    bjs e parabens pelo blog
    http://www.licosp.com.br

    ResponderExcluir
  19. Tenho saudades enormes daquele blog abondonado do UOL, quando a Sonia criticava o(s) governo(s) e inseria propostas para problemas.
    Esse blog é só um informativo pros moradores da Lapa, ou em outra hipótese, um diário de comissionado.
    "Transparência pública" pra classe media ler enquanto a Veja da semana não foi entregue.

    ResponderExcluir
  20. A senadora do UDR, eleita pelo PFL/DEM, Kátia Abreu, nova aliada da Soninha, em ato de apóio ao golpe legislativo que em Santa Catarina tenta isentar os fazendeiros da obrigação estabelecida por lei federal de preservar e recompor parcelas das áreas rurais, a neo-aliada afirmou que "AQUILO QUE NÃO TEM PREÇO, NÃO TEM VALOR".
    Fica a pergunta, Soninha, qual é - ou quanto seria - o seu valor para essa corja, com a qual você passou a militar por sua "nova política"?

    ResponderExcluir

Talvez eu responda seu comentário com outro comentário... Melhor passar por aqui de vez em quando para ver se tem novidades para você.